Ampla é consagrada como agência do ano no PPP
Publicado em 28 de setembro de 2016
Text_2

Na noite de ontem (27), a Ampla foi o destaque do Prêmio Pernambuco de Propaganda (PPP), sendo consagrada como agência do ano no evento anual do mercado publicitário do estado idealizada pelo presidente do Sinapro-PE, Antônio Carlos Vieira. A solenidade aconteceu no Teatro RioMar e reuniu muitos nomes do mercado em clima de confraternização. Pela quarta vez em sete edições, a agência levou o prêmio mais esperado da noite.

ibs_0963

Crédito: Ivaldo Bezerra.

A grande noite teve apresentação dos jornalistas Rodrigo Asfora, da TV Jornal; Bruno Grubertt, da Globo Nordeste;  Hugo Esteves, da TV Clube; e Júlia de Castro, da TV Tribuna, e foi comandada por Antônio Carlos Vieira. “Em um ano de aperto, o resultado para o evento não poderia ter sido melhor. O PPP é a premiação oficial da publicidade de Pernambuco, uma premiação plural, que alcança todas as mídias. Esta festa é um orgulho para todos nós”, disse Vieira.

ibs_0948

Crédito: Ivaldo Bezerra.

 

ibs_0965

Crédito: Ivaldo Bezerra.

Ao todo foram distribuídos 16 certificados de Ouro, 28 de Prata e 38 de Bronze. Os principais vencedores foram a Ampla, com 16 prêmios; BG9, com 15 prêmios; Casa e Agência Um, com 12 prêmios cada.

ibs_0974

Crédito: Ivaldo Bezerra.

Os estudantes de publicidade Emanuel Moura da Veiga e Pedro Santana foram vencedores da categoria Jovens Talentos. Eles criaram uma campanha em prol Hospital Maria Lucinda. “É gratificante ver os jovens trabalhando em prol de uma causa nobre”, declarou o superintendente do Hospital Maria Lucinda, Luiz Alberto Araújo.

jovens-talentos

Crédito: Ivaldo Bezerra.

Homenagem – Coube ao publicitário Luiz Montenegro, da MMS Comunicação, receber o título de Homenageado do Ano, simbolizado pelo prêmio Severino Queiroz. “É com muita satisfação que recebo tamanha homenagem de um mercado que tanto me encantou e instigou a trabalhar”, declarou Montenegro.

homenageado-luiz-montenegro

Crédito: Ivaldo Bezerra.

ibs_0878

Crédito: Ivaldo Bezerra.

LEIA TAMBÉM